Arquivos da categoria: Saúde

Comer rápido faz mal para a saúde


Comer depressa não dá tempo para o cérebro registrar que estamos satisfeitos. Comer lentamente, saboreando cada mordida e sem distrações pode parecer um luxo para muita gente. Mas é fundamental para a saúde, segundo um estudo apresentado na conferência anual da Associação de Cardiologia dos Estados Unidos.
Devorar os alimentos não dá ao cérebro tempo suficiente para registrar que estamos satisfeitos. E aumenta em cinco vezes o risco de uma síndrome metabólica, caracterizada por um conjunto de fatores de risco relacionados a doenças cardiovasculares e diabetes, como obesidade, pressão alta e taxas elevadas de colesterol.


A pesquisa, conduzida pela Universidade de Hiroshima, no Japão, acompanhou por cinco anos 642 homens e 441 mulheres saudáveis. Eles tinham 51 anos quando o estudo começou, em 2008.
Diabetes: obesidade e sedentarismo fazem casos dispararem entre mulheres
Mamadeiras de refrigerante: ‘vício’ em bebida agrava desnutrição em indígenas
Os participantes foram divididos em três grupos, de acordo com a velocidade que ingeriam os alimentos. O resultado? 11,6% daqueles que comiam mais rápido desenvolveram síndrome metabólica, bem acima dos índices observados nos outros dois grupos – entre os de velocidade média, o percentual foi de 6,5%, e os mais lentos, 2,3%.
Tudo indica que “comer mais devagar seria uma mudança de hábito crucial para prevenir a síndrome metabólica”, afirma o cardiologista Takayuki Yamaji, que liderou o estudo.
“Quando as pessoas comem muito rápido, fazem isso de forma exagerada, porque não se sentem saciadas. Isso também causa variações no nível de glicose, que podem levar a uma resistência à insulina.”


O melhor para a saúde é comer devagar e evitar distrações, como a televisão
Um estudo anterior já havia indicado que comer devagar é uma estratégia eficaz para perder peso.
A pesquisa, realizada pela Universidade da Carolina do Norte, constatou que obesos que praticaram técnicas de mindfulness (estado de atenção plena) perderam 2 quilos em duas semanas, enquanto quem continuou a comer rápido emagreceu 300 gramas.
“Nosso estudo sugere que há uma associação entre comer com atenção plena e perda de peso”, destacou a pesquisadora Carolyn Dunn, principal autora do estudo.
Ela e seus colegas aconselham não comer em frente à televisão nem na mesa de trabalho.

Assim, da próxima vez que tiver um prato de comida na sua frente, tente desligar a televisão, deixar o celular de lado e vá para longe da mesa de trabalho. Será um gesto de carinho com o próprio corpo desfrutar de cada mordida.

 

Fonte: BBC.

Share Button

Procuradoria investiga condições de ambulâncias em Araçatuba

Sem manutenção adequada, de 9 ambulâncias, 3 estão paradas por falta de condições de circular.

Trabalhadores do Samu já foram penalizados por se recusarem a dirigir para outras cidades em ambulâncias com pneus carecas e vidros quebrados.

As viaturas do Samu atualmente não tem plenas condições de receber pacientes.

O Ministério do  Trabalho e a Procuradoria estão investigando o caso, porque a população e os trabalhadores do Samu não podem ficar a mercê desse tipo de serviço, ainda mais pelo tanto de impostos que a população paga, e estamos falando de saúde da população.

 

 

Share Button

Polêmica em Birigui


Em Birigui, está cirulando pelo Whatsapp, um aúdio no qual o prefeito Cristiano Salmeirão apela aos moradores do Jandaia 1, Jandaia 2, Jandaia 3, Planalto e Birigui 1 para ir à Câmara apoiá-lo na venda de três terrenos do município, cujo dinheiro será aplicado no investimento de uma casa para se tornar UBS 8 no bairro Jandaia.

A polêmica acontece por vereadores estão contra a venda dos terrenos, e se por um lado eles tem defendido que é preciso manter os bens municipais ao invés de investir em uma casa particular, por outro o prefeito também tem um bom argumento que é entregar mais uma UBS para a cidade e em uma região que não tem. Será que não há um meio termo? Vender apenas um terreno ou realocar capital de outras fontes? Birigui teria como realocar capital de outras fontes?

O que você faria?

Share Button

Falta de árvores aumenta calor

Tem passado muito calor na região noroeste paulista? Deve ser por causa das ilhas de calor, que acontecem devido à falta de áreas verdes, ao excesso de construções, asfalto e poluição extrema.

Ilha de calor é um termo usado para se referir ao aumento da temperatura em áreas urbanas. Em geral, isso acontece devido à falta de áreas verdes, ao excesso de construções, asfalto e poluição extrema. A forma mais eficaz de combater este efeito é com o plantio de árvores.

A primeira maneira de uma árvore contribuir para o combate às ilhas de calor é o fato de fornecerem sombras. De acordo com a Agência de Proteção Ambiental dos EUA, uma área sombreada pode ser até sete graus mais fresca do que áreas expostas ao sol.

Amenizando o calor, ameniza-se também a quantidade de energia gasta para a refrigeração de ambientes, o que, consequentemente, também diminui a emissão de gases de efeito estufa na atmosfera.

As árvores ainda realizam naturalmente um processo de evapotranspiração, que é a transpiração das plantas. Isso acontece de maneira muito semelhante aos humanos. Durante este processo, as árvores liberam vapor de água na atmosfera, ajudando a refrescar naturalmente o ambiente.

O terceiro ponto, e de extrema importância, é a influência das plantas na manutenção do ar. As árvores têm poder para limpar os poluentes atmosféricos. Elas conseguem absorver óxido e dióxido de nitrogênio, dióxido sulfúrico e outros poluentes que costumam elevar a temperatura local. Enquanto isso, ela aspira oxigênio, gás totalmente necessário para a nossa própria existência.

 

Outro benefício oferecido pelas árvores é a purificação da água. Ao envolver o solo, as plantas funcionam como um filtro natural e retentor de águas. Quanto mais árvores presentes nas cidades, melhor é o escoamento de água durante as tempestades e mais limpo o recurso será.

Ter uma ou mais árvores perto de casa é um jeito simples de obter muitos benefícios pessoais e ambientais. Não custa tentar, ou melhor plantar!

Fonte: CicloVivo

Share Button

Em meio ao Outubro Rosa, exames são suspensos na região

Ironicamente, no mês em que é realizada a campanha Outubro Rosa, para conscientizar sobre a importância da realização de exames periódicos para prevenir contra o câncer de mama, os exames preventivos estão suspensos nas UBSs (Unidades Básicas de Saúde) de Araçatuba. As mulheres que vão as unidades estão retornando para as casas sem fazer o procedimento.

Além de Araçatuba, Penápolis também suspendeu os exames. A medida foi tomada pelas prefeituras após liminar concedida pela Justiça Federal de Brasília, a partir de ação movida pelo CFM (Conselho Federal de Medicina), suspendendo, em todo o País, a requisição de exames por enfermeiros na atenção básica. A entidade alega que o objetivo é “preservar as atribuições privativas dos médicos e garantir que os pacientes não sejam colocados em risco”.

O Cofen (Conselho Federal de Enfermagem) já recorreu da decisão, publicada em 27 de setembro, mas orientou os enfermeiros a respeitá-la enquanto a sentença estiver vigente.

Outubro Rosa é um movimento que ocorre internacionalmente durante todo o mês de outubro. Ele tem como objetivo principal ressaltar a necessidade da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama.

O Outubro Rosa começou na década de 1990, nos Estados Unidos, onde os estados faziam ações isoladas referentes ao assunto. Com a posterior aprovação do Congresso Americano, o mês de outubro se tornou o mês nacional de prevenção contra o câncer de mama no país.

Para mobilizar a população americana sobre a importância da ação, as cidades começaram a se enfeitar com laços rosas. Inicialmente, a ideia foi lançada pela Fundação Susan G. Komen for the Cure e os laços foram dados aos participantes da primeira Corrida pela Cura, realizada em Nova Iorque, em 1990. Depois disso, o objeto passou a ser distribuído em locais públicos, corridas, desfiles de modas, entre outros eventos. O Brasil passou a aderir ao movimento em 2008.

A população quer exames e prevenção não só em outubro, mas o ano todo.

Share Button

Soro contra veneno de escorpião acaba em Araçatuba

Soro contra veneno de escorpião está em falta na Santa Casa de Araçatuba (Foto: Reprodução/TV TEM)

Com uma epidemia de ataques de escorpiões em Araçatuba (SP), o estoque do soro contra o veneno do animal peçonhento acabou na Santa Casa. Desde janeiro, a cidade registrou 290 casos de picadas de escorpiões, além de um número inexato de mortes. É registrada pelo menos uma picada por dia.

A direção da Santa Casa confirmou, em nota, que o soro que combate à picada do escorpião está em falta há pelo menos 10 dias e que já foi feito pedido ao Ministério da Saúde, mas por enquanto a solicitação não foi atendida.

Ainda de acordo com o hospital a falta do soro não prejudica os atendimentos às vítimas de picadas de escorpião. No lugar está sendo usado o soro misto que serve tanto para aranha quanto pra escorpião. O soro misto também é eficaz, mas que em alguns casos pode ser necessário uma dose maior para fazer efeito.

Há necessidade de receber a dosagem do soro somente em casos de sintomas graves. Se um novo caso de picada de escorpião for registrado, o paciente deve procurar pela Santa Casa para receber o soro misto ou específico.

A população está com medo e espera uma resposta eficiente da Prefeitura.

Fonte: G1.

Share Button

Brinquedo mortal para os caninos

osso de couro

Os populares ossos de couro, tão vendidos em pet shops, podem na verdade ameaçar o seu melhor amiguinho.

O produto é elaborado geralmente a partir de couro bovino e para se tornar menos “feio” passará por processos de clareamento, embelezamento e será enrolado na forma de ossinho para poder se tornar atrativo aos compradores. Trata se então de um subproduto de couro e então seu animal estará mastigando um pedaço de couro isso é importante de se entender.
Resumindo são retalhos de couro que após o abate do boi será enviado para algum curtume para disfarçar sua origem, afinal ninguém compraria um pedaço de couro preto ou com pelos.

Passo 1 – Uma vez no curtume os couros serão embebidos e tratados com uma solução de soda cáustica ou de cinzas e também uma receita altamente tóxica do sulfureto de sódio.
É desta forma que será retirado o pelo e a gordura existente no couro original do boi.

Passo 2 – Agora que temos a camada interna da pele, é hora de ir para a fase pós curtume.
Os couros são lavados e branqueados usando uma solução de peróxido e / ou de branqueamento de hidrogênio.
Isso também irá ajudar a remover o cheiro do couro podre ou pútrido.

osso de couro perigoso

Obs:
Segundo uma pesquisa realizada por uma Ong internacional podem ser utilizados outros produtos químicos além destes aí se caso o branqueamento não ocorrer apenas com este processo citado acima. Esta Ong também conseguiu rastrear a origem de alguns couros usados para confecção dos tais ossos e chegou a conclusão que viriam do abate de animais da Tailândia que são mortos de forma cruel e muitas vezes com doenças.

Passo 3 – Depois vem a etapa de transformar as folhas esbranquiçadas do subproduto do couro em algo que possa despertar o paladar de um cachorro e que influencie o dono levando a acreditar que está comprando um osso para seu animal para ele ficar feliz!!!
Alguns produtos são pintados para ficar mais atraentes então.

Após a pintura do couro é chegado o processo final.

Quando testados: chumbo, arsênico, mercúrio, sais de cromo, formaldeído e outros produtos químicos tóxicos têm sido detectados nas peles.

Os principais riscos são:

1. Quando engolido em pedaços muito grandes, eles não são digeridos pelo organismo do cachorro.
2. Podem conter química como Formaldeído e Arsênico
3. Podem estar contaminados com Salmonela
4. Podem causar diarreia, gastrite e vômitos
5. Podem causas engasgos e obstrução intestinal

osso de couro perigoso

Os ossos de couro são fabricados envolvendo diferentes processos químicos, que além de fazer mal pro organismo, os ossos de couro provocam a morte através de sufocamento. Acontece que quando os cães mascam esse osso, eles viram uma gelatina e o cão engole isso inteiro. Muitos cães morrem sufocados com esse osso preso na garganta.
Leia um depoimento compartilhado no Facebook de uma mulher cujo pet quase morreu devido ao osso de couro:


Outro perigo muito grande é que, mesmo conseguindo engolir, essas partes gelatinosas ficam presas no intestino e só saem se for feita uma cirurgia pra remover.
O melhor mesmo é não comprar o osso de couro.

Fonte: Tudo sobre cachorros

Share Button

Mês tem maior número que queimadas da história

Veados no cerrado brasileiro em região incendiada.

Animais mortos e feridos por todo o país, crianças e idosos lotando hospitais, respiração díficil: o mês de setembro ainda nem acabou, mas o elevado número de focos de incêndio pelo país já faz dele o recordista de toda a série histórica do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), iniciada em 1999. São 95 mil queimadas em 22 dias. Trata-se do maior número de focos em um mês – e não apenas de setembro – de todos os tempos.

A explosão de focos de incêndio nos últimos três meses, aliás, já faz de 2017 o 2º ano com o maior número de queimadas da história se for considerado o período de janeiro a setembro (185 mil). Só perde para 2010. Quando o número do mês de setembro deste ano estiver consolidado, no entanto, é bem possível que 2017 já esteja na liderança, com mais que os 194 mil focos de sete anos atrás.

Bebê tendo que utilizar inalador devido ao ar seco.

Para o pesquisador Alberto Setzer, responsável no Inpe pelo monitoramento de queimadas no país, dois fatores explicam a alta no dado: a estiagem prolongada em boa parte dos estados e a ausência de fiscalização. “Em algumas áreas do Centro-Oeste, não cai uma gota de chuva há quatro meses. E o tempo seco propicia a propagação do fogo. O outro problema diz respeito à brecha que existe entre uma legislação muito bem construída que proíbe essa prática nas áreas e o controle que é feito.”

Filhote de onça ferida devido a incêndios, foi resgatada no MS.

Em Mato Grosso, mesmo com o período proibitivo para queimadas implantado pelo governo, novos focos são registrados a toda hora.

“As unidades de conservação estão queimando excessivamente. E o que se vê é uma piora ao longo dos anos”, afirma Setzer. Segundo ele, falta fiscalização, mas também punição. “Os estados até se organizaram muito bem neste ano com protocolos, campanhas. Mas a população não levou isso em conta. Então não adianta todo o trabalho de educação.”

O pesquisador diz que muitos dos focos são de novos desmatamentos, o que indica uma piora no quadro – no último ano, dados do Imazon apontam uma queda de 21% na Amazônia Legal. Isso não deve persistir.

Pássaros mortos em incêndio causado pelo homem.

Quase todas as queimadas hoje são causadas pelo homem, seja de forma proposital ou acidental. As razões variam desde limpeza de pastos, preparo de plantios, desmatamentos e colheita manual de cana-de-açúcar até disputas por terras e protestos sociais.

Segundo o Inpe, as queimadas destroem a fauna e a flora nativas, causam empobrecimento do solo e reduzem a penetração de água no subsolo, além de gerar poluição atmosférica com prejuízos à saúde de milhões de pessoas e à aviação. Denúncias de incêndios criminosos podem ser feitas ao Corpo de Bombeiros, às prefeituras, às secretarias estaduais do Meio Ambiente e ao Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis).

Não ponham fogo em terrenos ou qualquer lugar, não jogue bitucas na beira da estrada, não só os animais morrem como as pessoas também são prejudicadas e o ambiente como um todo. Se você não tem piedade dos animais e da natureza, tenha de si mesmo, todos estão sentindo o calor infernal, inclusive você e assim como o ar está pior.

Share Button

Truques para melhorar a memória

Imagine que você pode memorizar as cartas de um baralho colocadas aleatoriamente em noventa segundos, ou uma sequência de mais de cem dígitos em menos de cinco minutos. Impossível? Não. Chester Santos foi capaz de fazer isso, o que fez com que, com outras provas, ele se transformasse no campeão de memória nos Estados Unidos há alguns anos. E o que tornou isso possível foi o treinamento, algo que todos em maior ou menor medida podemos fazer para lembrar melhor das coisas:

O primeiro passo simples para melhorar a memória é a repetição. É certo que você tem a experiência de lembrar facilmente um movimento de dança, de um esporte ou de direção quando o repetiu uma infinidade de vezes. O motivo é químico. Criamos um novo hábito, ou seja, um novo cabeamento neuronal, que atua inconscientemente. Por isso não é de estranhar que sem que você se dê conta tenha ido para o trabalho de carro quando realmente queria ir para outro lugar. Não é que você esteja obcecado, mas que a repetição provoca um novo sulco na memória que te arma pegadinhas. Por isso, se você quer aprender algo novo o primeiro ponto é repetir, repetir e ter muita paciência.

Outro passo para recordar coisas novas é a associação.  Este é o truque quando o campeão de memória memoriza uma lista de nomes como, por exemplo, macaco, pesos, casas… em vez de se fixar na palavra, crie uma história que ajude a lembrar dela, como “o macaco está levantando pesos em uma casa….”. A associação pode ser usada no seu dia a dia de muitas outras maneiras, como na hora de se lembrar dos nomes de pessoas que você acaba de conhecer, algo que, aliás, costumamos esquecer com facilidade, segundo demonstrou a ciência (uma boa explicação para não nos sentirmos mal com nós mesmos). Por isso, o truque é associar cada nome a uma pessoa que você já conhece. Desse modo, quando for apresentado a Juan, por exemplo, evoque um amigo que também tenha esse nome. Se você aplicar esse pequeno truque, muito possivelmente será mais simples recordar o nome dele.

A ressonância emocional é outra das aderências da memória. É certo que você se lembrará do que estava fazendo quando soube do 11 de setembro ou quando recebeu uma notícia surpreendente, ou um momento que foi muitíssimo prazeroso. O motivo é a amígdala, a zona emocional do cérebro que tem a qualidade de registrar sensações intensas. Por isso, tudo aquilo que você viveu com intensidade emocional será mais fácil de memorizar, como uma matéria de que você gostava muito na escola ou a visita feita a algum lugar que te fascinou. Assim, na medida em que algo te agrade, incluirás emoções e será mais fácil memorizar.

E, por fim, o quarto truque é a novidade. O novo atrai nosso cérebro e o faz recordar. Isto se deve também à ressonância emocional que nos desperta. Por isso, é mais fácil lembrar os nomes anteriores do exemplo do macaco, pesos, casas, etc, se a história que você construir for surpreendente ou sem pé nem cabeça. Um macaco levantando pesos não é muito comum, sem dúvida. Poderíamos dizer que nosso cérebro gosta de se divertir um pouco. Por isso, se você utiliza também a imaginação e a criatividade na hora de escrever as coisas que não quer que sejam esquecidas, será mais fácil para a sua memória. É mais fácil para a memória recordar palavras decoradas ou pintadas artisticamente do que recolhidas em um documento de Excel.

A memória pode ser treinada se formos capazes de repetir o que é novo, de associá-lo a conceitos que já conhecemos, de vinculá-la a emoções e de brincar com a novidade.

Fonte: El País.

Share Button

Picada de escorpião mata crianças e outras vão para hospital em Araçatuba

Mais crianças foram internadas em hospitais de Araçatuba ontem (19/09/2017) por suspeita de picada por escorpião em escolas da cidade, totalizando quatro casos em cinco dias. Houve pelo menos duas mortes, segundo anunciou na segunda-feira (18/09/2017) a Prefeitura em entrevista coletiva. Havia uma quinta suspeita, mas em exame, foi descartada a picada de escorpião.

Entre as novas vítimas está um menino de 2 anos. Ele teria sido picado na Casa da Criança, escola conveniada à Prefeitura, por volta de 10h50, na Vila Mendonça. “Segundo relato da direção da escola, um escorpião morto foi encontrado na unidade e a criança afirmou ter sido picada”, informa nota da Prefeitura. “Imediatamente, a direção da escola a levou para a Santa Casa por meios próprios. A assessoria da Santa Casa afirmou que a vítima foi devidamente medicada.”

Outro caso suspeito é de uma menina de 2 anos que estava no berço de uma creche no Emeb Apparecida Garcia Carvalho Rico, no bairro Aviação. Ela sofreu uma picada no pé direito, foi levada para a Santa Casa, tomou cinco doses de soro e está na UTI, em observação.

Na última sexta-feira (15/09/2017), um menino de 2 anos morreu após passar mal na Emeb Maria Helena de Freitas Carli, no bairro Vista Verde. Na segunda-feira (18/09/2017), durante coletiva de imprensa para anunciar sindicância para apurar a morte do garoto, a administração municipal confirmou o segundo óbito. Trata-se de uma menina de 4 anos, que faleceu no sábado (16/09/2017), 24 horas depois de ter sido picada na rua Fundadores.

A verdade é que desde que os canaviais tomaram conta da região, além do ar ficar horrível e seco, ter queimada e fuligem o tempo inteiro, escorpiões são encontrados em Araçatuba, Birigui, Bilac, Corados, pondo em risco a vida de animais de estimação, crianças, idosos, pessoas sensíveis e etc. Em Araçatuba, a prefeitura iniciou a campanha: Escorpião, Aqui Não! Devido a grandeza da infestação.

Share Button
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...