Arquivos da categoria: Cultura

Lia Paris se apresenta em Birigui — Foto: Ali Karakas/Divulgação

Birigui (SP) recebe neste sábado (08/12) e domingo (09/12) a Virada Cultural Paulista. Na programação tem show sertanejo, de MPB, de samba, de hip hop, espetáculo literário e de circo. As atrações serão na Praça Doutor Gama e é tudo de graça.

Os destaques são o show da Lia Paris no sábado, às 21h, na Praça Doutor Gama e no domingo o show, às 18h20, de T Kaçula, no mesmo local. A atividade faz parte da programação de 107 anos da cidade, comemorado no sábado.

Lia Paris é cantora e compositora. Ela começou a carreira artística no circo como trapezista, onde também começou a cantar. O trabalho atual da artista áudio visual se desdobra em apresentações onde ela explora a interface de tecnologias de live face, projeções, cenários e maquiagens de efeitos especiais.

Já T Kaçula traz um toque de africanidade, o trabalho do sambista mistura o samba-raiz com os atabaques africanos, influências que elevam as riquezas culturais do samba tradicional.

Confira a programação completa

Sábado

  • 18h: Laís Furtado

Local: Praça Doutor Gama. Centro de Birigui.

  • 18h30 Espetáculo de circo- Histórias de Palhaços

Local: Praça Doutor Gama. Centro de Birigui.

  • 21h Lia Paris

Local: Praça Doutor Gama. Centro de Birigui.

  • 22h30 Trio Caruá

Local: Praça Doutor Gama. Centro de Birigui.

  • 23h59 Hip Hop do Conceito

Local: Praça Doutor Gama. Centro de Birigui.

Domingo

  • 10h Corporação Maestro Antônio Passarelli- Orquestra de Metais e Madeiras

Local: Biblioteca Municipal. Av. Gov. Pedro de Toledo, 73 – Centro.

  • 11h Espetáculo literário com Felipe, o Mágico

Local: Biblioteca Municipal. Av. Gov. Pedro de Toledo, 73 – Centro.

  • 14h Fran Sérgio apresenta a peça teatral “O Mal Dito”

Local: Biblioteca Municipal. Av. Gov. Pedro de Toledo, 73 – Centro.

  • 15h30 Show de hip hop com Brigada Soul

Local: Praça Doutor Gama. Centro de Birigui.

  • 17h Samba com o grupo Poesia Samba Sul

Local: Praça Doutor Gama. Centro de Birigui.

  • 18h20 Show de samba com T Kaçula

Local: Praça Doutor Gama. Centro de Birigui.

Fonte: G1.

Share Button

Birigui: 107 anos

Resultado de imagem para birigui

Hoje, dia 07 de dezembro, Birigui faz 107 anos. Co mais de 122 mil habitantes, a cidade Pérola da Noroeste, é destaque na indústria calçadista e também por ser polo cultural.

Toda a região oeste do atual estado de São Paulo era território tradicional dos índios caiacangues até o início do século XX, quando foram construídas estradas de ferro na região . Birigui foi fundada em 7 de dezembro de 1911 por Nicolau da Silva Nunes.

Hoje no dia do aniversário, os biriguienses sentem falta do tradicional bolo de aniversário da cidade que era promovido pela Rádio Pérola, mas que por falta de incentivo da Prefeitura deixou de ser realizado.

 

Share Button

Como os brasileiros produzem e consomem conteúdo na internet

O espaço para conteúdos autorais, por outro lado, tende a ser significativamente menor. Pode reparar: é mais raro ver um vídeo que um amigo fez com um celular durante um churrasco de família ou a selfie de uma prima que você não vê há anos do que um meme qualquer criado por um completo desconhecido – e que, por ser muito compartilhado, pipocou bem na sua timeline.

Essa tendência de uso na internet apareceu no levantamento “TIC DomicíliosCultura”, divulgado recentemente pelo Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br) – órgão que coordena iniciativas e serviços de internet no país. A versão mais recente traz um dado curioso: pouco mais de um quarto da população acima de 10 anos de idade (26%) admite ter o hábito de publicar conteúdos próprios na internet. A justificativa que mais motiva as pessoas a criarem postagens autorais, segundo o estudo, é a vontade de divulgar ao mundo situações cotidianas – leia-se, aqui, o aniversário do filho ou o passeio do fim de semana, eventos que correspondem a 17% do total dos posts. Opiniões sobre temas de interesse público, (os populares textões) somam 14%. “Aproximar-se de pessoas com interesses comuns”, com 13%, foi a terceira justificativa mais utilizada.

Tópicos como a divulgação de um trabalho (9%), de um conteúdo artístico (7%) ou a venda de produtos ou serviços (5%), aparecem logo depois. Sabe aqueles posts patrocinados, que fazem tanto sucesso com as blogueiras no Instagram? No geral, eles costumam ser raridade, já que só 2% dos postadores admitiu que recebe algum tipo de remuneração para fazê-los.

O hábito de passar informação adiante, seguindo essa tendência de maior uso, também cresceu em ritmo parecido. Dá para dizer que a porcentagem de repassadores, no entanto, é bem mais significativa que a de produtores de conteúdo. O total de usuários de internet que costuma compartilhar textos, imagens e vídeos, que era de 60% em 2014, chegou a 73% no ano passado.

O tipo de informação mais difundido são as imagens, publicadas por 24% da população. Em segundo lugar estão os textos, com 13%. Vídeos têm 11%, e músicas, 4%.

 

Fonte: Superinteressante.

 

Share Button

Virada Cultural acontecerá em três cidades da região

Résultat de recherche d'images pour "virada cultural araçatuba"

A partir do próximo final de semana, três municípios da região sediarão a Virada Cultural Paulista, que neste ano comemora 12 anos de realização no interior do Estado. As apresentações acontecerão em 34 cidades paulistas, sempre aos finais de semana, no período de 3 de novembro a 9 de dezembro.

A primeira cidade da região a receber o evento é Ilha Solteira, já no próximo final de semana. Na parte musical, estão confirmados nomes como Zeca Baleiro, Moacyr Franco, Tavinho Limma, Raiz Samba 6 e Benito di Paula.

Outros dois municípios da região receberão pela primeira vez a Virada Cultural. Em Andradina ela acontece nos dias 1 e 2 de dezembro e em Birigui, no final de semana seguinte, em 8 e 9 de dezembro. Pelo segundo ano consecutivo, Araçatuba deixará de receber o evento.

A cidade sede da região não recebeu a Virada Cultural em 2017 após dez anos consecutivos, sob a justificativa que a Prefeitura não dispunha naquele momento de dinheiro em caixa para custear as despesas que cabiam ao município.

A programação da Virada Cultural é gratuita, confirmada em etapas e pode ser acompanhada nos sites www.cultura.sp.gov.br e www.omelhordaculturasp.com.

Share Button

Eleições decidirão o futuro do país hoje

Résultat de recherche d'images pour "urnas brasileiras"

Uma eleição histórica, debatida nas mídias, com mortes, facadas, fake news por todos os lados e pessoas usando o Whatsapp e o Faceboook como fonte máxima de notícias. Esse ano de 2018 mostrou que a tecnologia mudou para sempre o modo de se fazer política no país.
Hoje Bolsonaro, o favorito e Haddad, apoiado por Lula preso, duelam no segundo turno das eleições presidenciais brasileiras.
Brasil, um país em crise, com extrema violência, pobreza e baixo nível de educação. O vencedor terá como desafio equilibrar a balança econômica, criar empregos, aumentar leitos na saúde e modernizar um país que parece ter sido abandonado desde as Olimpíadas.
A democracia é eleger um candidato e respeitar a existência da oposição. Ter o direito de ser contra ou a favor a esse ou aquele candidato é um direito de todo cidadão e o debate deve ser valorizado com respeito e educação.

Os brasileiros não querem sangue, não querem tortura, os brasileiros querem dignidade, querem emprego, saúde, educação, segurança e respeito e não políticos destruindo o nosso suado patrimônio.

Share Button

Feriado 12 de outubro

Résultat de recherche d'images pour "dia das criancas brasil"

Hoje celebra-se o dia Das Crianças e também o dia de Nossa Senhora Aparecida, a Padroeira do Brasil.
O que nós esperamos é um país mais seguro, onde as crianças cresçam felizes, sem medo de brincar na rua, que tenham oportunidade de estudar, que tenham hospitais para cuidar delas e que tenham uma estrutura em que possam crescer saudáveis, inteligentes e com oportunidades e que também aprendam a ter respeito e amor pelos mais velhos.

Share Button

Votando no exterior

Embaixada brasileira em Oslo.

A biriguiense Patricia Basseto está vivendo há quase um ano em Olso, na Noruega e divide conosco a experiência de votar no exterior:

“Em abril ou maio eu vi através do Facebook da Embaixada que eu devia ir lá e transferir meu título para poder voar nas eleições. Fui lá, e havia cerca de cinco pessoas sendo atendidas por duas funcionárias. Elas foram bem educadas mas a verdade é que a gente tinha que fazer toda a transferência por nós mesmos através do próprio celular. Fiquei lá cerca de uma hora e meia, vi gente indo embora e desistindo porque achou que estava perdendo tempo. Realmente se tinha que ir na embaixada para poder transferir o título, teria que um funcionário fazer isso ou ter computador à  disposição para que os brasileiros pudessem fazer isso. Vi uma família com crianças pequenas que estava reclamando que estava lá fazia horas.

Ok! Título transferido, recebi por e-mail a confirmação de que poderia votar aqui.

A Embaixada brasileira em Oslo fica em uma das regiões mais caras da cidade, em Bygdøy, onde há também muitas outras embaixadas por perto. No dia 7 de outubro, a votação foi permitida das 8:00 às 17:00 como acontece no Brasil. Quando fiz a transferência do título podia ter me oferecido como mesária, mas não o fiz.  No exterior a única opção de voto que temos é para presidente. Não há opção para votar em ouros cargos, então a votação é bem rápida.

Cheguei, apresentei meu título digital no celular e votei. A comunidade brasileira na Noruega não é grande, havia 1500 eleitores cadastrados e apenas cerca de quinhentos votaram, isso porque os eleitores podem votar apenas em Oslo e muitas pessoas vivem há mais de 2000 quilômetros da capital norueguesa.”

Resultado das eleições em Oslo.

Quem mora no exterior, mesmo que tenha outra cidadania, tem direito de votar nas eleições brasileiras e é importante fazer isso, porque seu vínculo com o país permanece através de sua família e amigos e também de um possível retorno em viver no Brasil.

Share Button

Orçamento para lavar carros de deputados é três vezes maior que o do Museu Nacional

Visão do hall de entrada do Museu Nacional, na foto do procurador Sergio Suiama.

A tragédia no Museu Nacional estava anunciada há muitos anos, nos últimos cinco anos, contudo, sofreu seguidos cortes drásticos e a previsão para 2018 era de que apenas 205.821 reais fossem repassados para instituição, que é subordinada à Universidade Federal do Rio de Janeiro.

A gestão de Michael Temer (MDB) investe menos no Museu Nacional do que a Câmara dos Deputados na lavagem de seus 83 veículos oficiais ou que o próprio Poder Executivo na manutenção do Palácio da Alvorada, a residência presidencial que está desocupada. Em 2018 a Mesa Diretora preveem gastar 563.000 reais em dinheiro público para deixar seus carros limpos. O valor é 2,7 vezes de fato destinado ao primeiro museu brasileiro. Já o Alvorada, custa cerca de 500.000 reais por mês, o que inclui gastos com energia elétrica e jardinagem.

Apenas um dos 49 parlamentares do Rio de Janeiro (somando os 46 deputados federais e os três senadores) demonstrou qualquer preocupação em ajudar com recursos o Museu Nacional. De 2015 para cá, só Alessandro Molon (PSB-RJ) destinou uma de suas emendas parlamentares à instituição:  300.000 reais foram repassados ao órgão. Ao todo, cada congressista pode distribuir 14,8 milhões para a área ou obra que bem entender, mas eles obviamente preferem em geral investir em causa própria, porque esse dinheiro investido em educação, cultura e emprego, possivelmente não haveria mais pobreza no Brasil.

O último presidente a visitar o museu foi Juscelino Kubitscheck (1902-1976). Recentemente, nem mesmo os subalternos ao presidente vinham demonstrando qualquer afeição ao órgão. No dia em que se comemorou o bicentenário do Museu Nacional, em 9 de junho de 2018, o ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão, estava no Rio (a cidade onde ele se graduou e foi secretário da Cultura), mas não esteve nas celebrações, em total descaso com o Museu mais famoso do Brasil.

Há algo de muito errado na escolha de quem deveria proteger a cultura no Brasil, ou de fato há décadas estão tentando destruir e eliminar qualquer forma de expressão que leve à reflexão.

Share Button

Incêndio destrói maior patrimônio cultural do Brasil


 

Um incêndio de grandes proporções destruiu o Museu Nacional, na Quinta da Boa Vista, em São Cristóvão, Zona Norte do Rio.

O fogo começou por volta das 19h30 de ontem 02?09/2018 e foi controlado no fim da madrugada desta segunda-feira (03?09?2018). Mas pequenos focos de fogo seguiam queimando partes das instalações da instituição que completou 200 anos em 2018 e já foi residência de um rei e dois imperadores.

A maior parte do acervo, de cerca de 20 milhões de itens, foi totalmente destruída. Fósseis, múmias, registros históricos e obras de arte viraram cinzas. Pedaços de documentos queimados foram parar em vários bairros da cidade.

Incêndio destrói o Museu Nacional no Rio de Janeiro

Segundo a assessoria de imprensa do museu e o Corpo de Bombeiros, não há feridos. Apenas quatro vigilantes estavam no local, mas eles conseguiram sair a tempo.

As causas do fogo, que começou após o fechamento para a visitantes, serão investigadas. A Polícia Civil abriu inquérito e repassará o caso para que seja conduzido pela Delegacia de Repressão a Crimes de Meio Ambiente e Patrimônio Histórico, da Polícia Federal, que irá apurar se o incêndio foi criminoso ou não.

O museu contém um acervo histórico desde a época do Brasil Império. Destacam-se em exposição: o mais antigo fóssil humano já encontrado no país, batizada de “Luzia”, pode ser apreciado na coleção de Antropologia Biológica, entre outros; a coleção egípcia, que começou a ser adquirida pelo imperador Dom Pedro I; a coleção de arte e artefatos greco-romanos da Imperatriz Teresa Cristina; as coleções de Paleontologia que incluem o Maxakalisaurus topai, dinossauro proveniente de Minas Gerais.
O Museu Nacional foi enredo da Imperatriz Leopoldinense no carnaval de 2018.

A destruição do Museu é sem dúvida a maior tragédia cultural da história do Brasil, que já está com a educação sucateada e não tem lugares de memória.

Share Button

PROPINA: DIRETOR DO CR DE ARAÇATUBA É PRESO EM OPERAÇÃO

Uma operação desencadeada pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) e pela SAP (Secretaria de Administração Penitenciária) de Araçatuba prendeu o diretor do CR (Centro de Ressocialização) da cidade, José Antônio Rodrigues Filho, na última quinta-feira 12/04/2018.

A Operação Fura-Fila, segundo o Gaeco, visa combater crimes de corrupção relacionados à transferências indevidas de presos do sistema prisional para o CR de Araçatuba, unidade considerada modelo no Estado de São Paulo.

Além do diretor, dois agentes prisionais e uma advogada foram presos.

​”A investigação, iniciada em maio de 2017, identificou que agentes penitenciários cobravam propina para transferirem presos de outras unidades prisionais para o cobiçado Centro de Ressocialização de Araçatuba, sendo também constatado nas investigações um esquema para inclusões indevidas de presos mediante a manutenção de relacionamentos amorosos de familiares e advogada dos detentos com diretor da referida unidade prisional”, afirmou o Gaeco, em nota.

Ainda durante as investigações, um agente penitenciário aposentado envolvido no esquema foi preso em flagrante por tráfico de drogas. Com ele, foram encontrados 10 quilos de entorpecentes e uma arma de fogo.

Foram expedidos 07 mandados de busca e apreensão e quatro mandados de prisão preventiva, que estão sendo cumpridos em Araçatuba e São Jose do Rio Preto.

A operação contou com a participação de seis Promotores de Justiça, agentes da Secretaria de Administração Penitenciária do Estado e 25 policiais militares.

Fonte: SBT Interior.

Share Button
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...