Arquivos da categoria: Cultura

Feriado 12 de outubro

Résultat de recherche d'images pour "dia das criancas brasil"

Hoje celebra-se o dia Das Crianças e também o dia de Nossa Senhora Aparecida, a Padroeira do Brasil.
O que nós esperamos é um país mais seguro, onde as crianças cresçam felizes, sem medo de brincar na rua, que tenham oportunidade de estudar, que tenham hospitais para cuidar delas e que tenham uma estrutura em que possam crescer saudáveis, inteligentes e com oportunidades e que também aprendam a ter respeito e amor pelos mais velhos.

Share Button

Votando no exterior

Embaixada brasileira em Oslo.

A biriguiense Patricia Basseto está vivendo há quase um ano em Olso, na Noruega e divide conosco a experiência de votar no exterior:

“Em abril ou maio eu vi através do Facebook da Embaixada que eu devia ir lá e transferir meu título para poder voar nas eleições. Fui lá, e havia cerca de cinco pessoas sendo atendidas por duas funcionárias. Elas foram bem educadas mas a verdade é que a gente tinha que fazer toda a transferência por nós mesmos através do próprio celular. Fiquei lá cerca de uma hora e meia, vi gente indo embora e desistindo porque achou que estava perdendo tempo. Realmente se tinha que ir na embaixada para poder transferir o título, teria que um funcionário fazer isso ou ter computador à  disposição para que os brasileiros pudessem fazer isso. Vi uma família com crianças pequenas que estava reclamando que estava lá fazia horas.

Ok! Título transferido, recebi por e-mail a confirmação de que poderia votar aqui.

A Embaixada brasileira em Oslo fica em uma das regiões mais caras da cidade, em Bygdøy, onde há também muitas outras embaixadas por perto. No dia 7 de outubro, a votação foi permitida das 8:00 às 17:00 como acontece no Brasil. Quando fiz a transferência do título podia ter me oferecido como mesária, mas não o fiz.  No exterior a única opção de voto que temos é para presidente. Não há opção para votar em ouros cargos, então a votação é bem rápida.

Cheguei, apresentei meu título digital no celular e votei. A comunidade brasileira na Noruega não é grande, havia 1500 eleitores cadastrados e apenas cerca de quinhentos votaram, isso porque os eleitores podem votar apenas em Oslo e muitas pessoas vivem há mais de 2000 quilômetros da capital norueguesa.”

Resultado das eleições em Oslo.

Quem mora no exterior, mesmo que tenha outra cidadania, tem direito de votar nas eleições brasileiras e é importante fazer isso, porque seu vínculo com o país permanece através de sua família e amigos e também de um possível retorno em viver no Brasil.

Share Button

Orçamento para lavar carros de deputados é três vezes maior que o do Museu Nacional

Visão do hall de entrada do Museu Nacional, na foto do procurador Sergio Suiama.

A tragédia no Museu Nacional estava anunciada há muitos anos, nos últimos cinco anos, contudo, sofreu seguidos cortes drásticos e a previsão para 2018 era de que apenas 205.821 reais fossem repassados para instituição, que é subordinada à Universidade Federal do Rio de Janeiro.

A gestão de Michael Temer (MDB) investe menos no Museu Nacional do que a Câmara dos Deputados na lavagem de seus 83 veículos oficiais ou que o próprio Poder Executivo na manutenção do Palácio da Alvorada, a residência presidencial que está desocupada. Em 2018 a Mesa Diretora preveem gastar 563.000 reais em dinheiro público para deixar seus carros limpos. O valor é 2,7 vezes de fato destinado ao primeiro museu brasileiro. Já o Alvorada, custa cerca de 500.000 reais por mês, o que inclui gastos com energia elétrica e jardinagem.

Apenas um dos 49 parlamentares do Rio de Janeiro (somando os 46 deputados federais e os três senadores) demonstrou qualquer preocupação em ajudar com recursos o Museu Nacional. De 2015 para cá, só Alessandro Molon (PSB-RJ) destinou uma de suas emendas parlamentares à instituição:  300.000 reais foram repassados ao órgão. Ao todo, cada congressista pode distribuir 14,8 milhões para a área ou obra que bem entender, mas eles obviamente preferem em geral investir em causa própria, porque esse dinheiro investido em educação, cultura e emprego, possivelmente não haveria mais pobreza no Brasil.

O último presidente a visitar o museu foi Juscelino Kubitscheck (1902-1976). Recentemente, nem mesmo os subalternos ao presidente vinham demonstrando qualquer afeição ao órgão. No dia em que se comemorou o bicentenário do Museu Nacional, em 9 de junho de 2018, o ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão, estava no Rio (a cidade onde ele se graduou e foi secretário da Cultura), mas não esteve nas celebrações, em total descaso com o Museu mais famoso do Brasil.

Há algo de muito errado na escolha de quem deveria proteger a cultura no Brasil, ou de fato há décadas estão tentando destruir e eliminar qualquer forma de expressão que leve à reflexão.

Share Button

Incêndio destrói maior patrimônio cultural do Brasil


 

Um incêndio de grandes proporções destruiu o Museu Nacional, na Quinta da Boa Vista, em São Cristóvão, Zona Norte do Rio.

O fogo começou por volta das 19h30 de ontem 02?09/2018 e foi controlado no fim da madrugada desta segunda-feira (03?09?2018). Mas pequenos focos de fogo seguiam queimando partes das instalações da instituição que completou 200 anos em 2018 e já foi residência de um rei e dois imperadores.

A maior parte do acervo, de cerca de 20 milhões de itens, foi totalmente destruída. Fósseis, múmias, registros históricos e obras de arte viraram cinzas. Pedaços de documentos queimados foram parar em vários bairros da cidade.

Incêndio destrói o Museu Nacional no Rio de Janeiro

Segundo a assessoria de imprensa do museu e o Corpo de Bombeiros, não há feridos. Apenas quatro vigilantes estavam no local, mas eles conseguiram sair a tempo.

As causas do fogo, que começou após o fechamento para a visitantes, serão investigadas. A Polícia Civil abriu inquérito e repassará o caso para que seja conduzido pela Delegacia de Repressão a Crimes de Meio Ambiente e Patrimônio Histórico, da Polícia Federal, que irá apurar se o incêndio foi criminoso ou não.

O museu contém um acervo histórico desde a época do Brasil Império. Destacam-se em exposição: o mais antigo fóssil humano já encontrado no país, batizada de “Luzia”, pode ser apreciado na coleção de Antropologia Biológica, entre outros; a coleção egípcia, que começou a ser adquirida pelo imperador Dom Pedro I; a coleção de arte e artefatos greco-romanos da Imperatriz Teresa Cristina; as coleções de Paleontologia que incluem o Maxakalisaurus topai, dinossauro proveniente de Minas Gerais.
O Museu Nacional foi enredo da Imperatriz Leopoldinense no carnaval de 2018.

A destruição do Museu é sem dúvida a maior tragédia cultural da história do Brasil, que já está com a educação sucateada e não tem lugares de memória.

Share Button

PROPINA: DIRETOR DO CR DE ARAÇATUBA É PRESO EM OPERAÇÃO

Uma operação desencadeada pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) e pela SAP (Secretaria de Administração Penitenciária) de Araçatuba prendeu o diretor do CR (Centro de Ressocialização) da cidade, José Antônio Rodrigues Filho, na última quinta-feira 12/04/2018.

A Operação Fura-Fila, segundo o Gaeco, visa combater crimes de corrupção relacionados à transferências indevidas de presos do sistema prisional para o CR de Araçatuba, unidade considerada modelo no Estado de São Paulo.

Além do diretor, dois agentes prisionais e uma advogada foram presos.

​”A investigação, iniciada em maio de 2017, identificou que agentes penitenciários cobravam propina para transferirem presos de outras unidades prisionais para o cobiçado Centro de Ressocialização de Araçatuba, sendo também constatado nas investigações um esquema para inclusões indevidas de presos mediante a manutenção de relacionamentos amorosos de familiares e advogada dos detentos com diretor da referida unidade prisional”, afirmou o Gaeco, em nota.

Ainda durante as investigações, um agente penitenciário aposentado envolvido no esquema foi preso em flagrante por tráfico de drogas. Com ele, foram encontrados 10 quilos de entorpecentes e uma arma de fogo.

Foram expedidos 07 mandados de busca e apreensão e quatro mandados de prisão preventiva, que estão sendo cumpridos em Araçatuba e São Jose do Rio Preto.

A operação contou com a participação de seis Promotores de Justiça, agentes da Secretaria de Administração Penitenciária do Estado e 25 policiais militares.

Fonte: SBT Interior.

Share Button

Banda biriguiense cativa região com letras bem humoradas


A banda biriguiense Rockpira tem se destacado no cenário musical local por suas letras bem humoradas que tem como tema a realidade local. Conversamos com o vocalista/baixista e fundador da banda Vainer Trevisan, o Chachá:

PN: Como surgiu a Rockpira?
Vainer: Surgiu numa tarde de domingo, quando após ter levado o fora de uma moça, fui ao parque das Árvores, onde encontrei um velho amigo e companheiro, o Junin, toquei uma música minha e ele se apaixonou pelo som. Perguntou de quem era e disse que era meu, no dia seguinte começamos a ensaiar essa e mais outras músicas.


PN: E o nome Rockpira?
Vainer: O nome da banda veio de uma viagem do nosso guitarrista Junin. Ele sugeriu e curti, daí ficou RockPira.

PN: De onde vem a inspiração para as letras de vocês?
Vainer: A cidade onde vivemos, que é Birigui. Temos que começar a construção de nosso universo aos poucos, e nada como começar de onde tudo teve início.


PN: Como tem sido a recepção do trabalho de vocês?
Vainer: Cara, o público, graças a Deus tem recebido a gente te muito bem, tanto de Birigui como o povo da região, como Penápolis por exemplo, que não deixam a gente fora de nenhum festival.

PN: Quais são os membros da Rockpira?
Vainer: Hoje a banda é composta pelos fundadores, Chachá (baixo e vocal) e Junin (guitarra) e Black (bateria). Já tivemos vários bateristas, mas o Black tem se destacado e mostrado vontade de manter a banda.

PN: O clipe de Meu Primeiro emprego tem se destacado nas redes sociais, como surgiu a música?

Vainer: Essa música compus há uns 12 anos. Era uma simples brincadeira com um amigo que andava em cima do muro e não sabia o que queria, até que saiu do armário e se revelou. Ele sabe disso e aliás, adora o som.

PN: O que vocês ouvem para inspirar a Rockpira?
Vainer: Tudo o que for do rock, desde de vintage e atual. É muita coisa para falar por aqui, estou sempre ouvindo música.

PN: Quais os próximos passos da Rockpira?
Vainer: Estamos com novos sons, correndo atrás de patrocínio, empresários, e assim por diante. Temos muita coisa ainda pra divulgar

Desejamos muito sucesso para a Rockpira e para quem quiser contatar para shows e eventos:
Telefone do Vainer – 18 99814 7942
Facebook

Share Button

Morre Stephen Hawking

Morreu nesta quarta-feira (14/03/2018), em sua casa, o físico e pesquisador britânico Stephen William Hawking, aos 76 anos. A morte foi comunicada por sua família à imprensa inglesa.

O físico se tornou um dos cientistas mais conhecidos do mundo ao abordar temas como a natureza da gravidade e a origem do universo. No final da década de 1960, ganhou fama com sua teoria da singularidade do espaço-tempo, aplicando a lógica dos buracos negros a todo o universo. Ele detalharia o tema ao público em geral no livro “Uma breve história do tempo”, best-seller lançado em 1988. Em 2014, sua história de vida foi contada no filme “A teoria de tudo”, vencedor de um Oscar.

O físico também se tornou um símbolo de determinação por ser portador da Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA) e ter sobrevivido a ela por décadas. A doença degenerativa fez com que conseguisse, em certo ponto, mover apenas um dedo e os olhos voluntariamente. A cadeira de rodas e a crescente dificuldade para se comunicar não o impediram, no entanto, de seguir sua carreira, já que sua capacidade intelectual permaneceu intacta.

Hawking usava um sintetizador eletrônico para poder falar, mas a voz robótica produzida pelo aparelho para expressar suas ideias acabou se tornando não só uma de suas marcas registradas como foi constantemente ouvida e respeitada no mundo todo.

Além de importante divulgador científico, Hawking também será lembrado, como pesquisador, por sua descoberta de que os buracos negros, aqueles pontos do cosmo tão densos que nem a luz lhes escapa, não são realmente negros quando explodem, falando simplificadamente. Eles podem soltar partículas e radiação antes de desaparecerem.

Ninguém acreditava inicialmente que partículas pudessem sair do buracos negros. “Não estava procurando por elas [as partículas]. Apenas tropecei sobre elas”, contou numa entrevista de 1978 ao “New York Times”.

Share Button

Brasil tem 190 línguas em perigo de extinção

 

 

Segundo o Atlas das Línguas em Perigo da Unesco, são 190 idiomas em risco no Brasil. O mapa reúne línguas em perigo no mundo todo – e o Brasil é o segundo país com mais idiomas que podem entrar em extinção, ficando atrás apenas dos Estados Unidos.

A morte de uma língua não é apenas uma questão de comunicação no dia a dia: a preservação da cultura de um povo depende da preservação do seu idioma. “Se a língua se perde, se perde a medicina, a culinária, as histórias, o conhecimento tradicional. No idioma estão a questão da identidade, o conhecimento do bosque, do mato, dos bichos”, explica o linguista Angel Corbera Mori, do Instituto de Estudos da Linguagem, da Unicamp.

Estima-se que, antes da colonização portuguesa, existissem cerca de 1,1 mil línguas no Brasil, que foram desaparecendo ao longo dos séculos, segundo Corbera. O tupi – e posteriormente outras línguas indígenas – foram proibidos. E quem desobedecesse era castigado.


Uma das línguas que sobreviveram, ainda que em estado crítico, é o guató. O idioma tinha, em 2006, apenas cinco falantes, de acordo com a Unesco.

Os Guatô ocupavam praticamente toda a região sudoeste do Mato Grosso, na fronteira com a Bolívia, até começaram a ser expulsos de suas terras entre 1940 e 1950, segundo o Intituto Sócio Ambiental (ISA), por causa do avanço da agropecuária.

Chegaram a ser considerados extintos pelo governo, por isso foram excluídos de programas de ajuda e políticas públicas, até meados dos anos 1970, quando missionários identificaram índios Guatô e o grupo começou a se reorganizar e lutar por reconhecimento.
Há línguas tidas como vulneráveis – possuem um número maior de falantes, mas ainda são consideradas em perigo. É o caso da língua guajajara, falada por um dos povos mais numerosos.

Há mais de 27 mil guajajaras no Brasil, segundo o sistema de informações do Ministério da Saúde. O guajajara é usado como primeira língua em muitas aldeias, mas nem todos os índios Guajajara falam o idioma. A língua guajajara pertence à família tupi-guarani e é subdividida em quatro dialetos.
Das 190 línguas citadas pela Unesco, 12 já são consideradas extintas, ou seja, não têm mais nenhum falante vivo.

Uma das que foram extintas mais recentemente foi língua dos Umutina, povo indígena que vive no Mato Grosso.

 

Fonte: BBC

 

 

Share Button

Brasileiro não precisa de visto para visitar 153 países

Estudo da Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA) mostra que o passaporte mais “poderoso” é o alemão: cidadãos daquele país entram sem visto em 177 destinos, mas brasileiros também tem portas abertas em mais de cem países.

Quando se trata de viajar ao exterior, há passaportes de países que “abrem” mais as portas de uma imigração do que outros. E não são os documentos do Brasil ou dos Estados Unidos os mais poderosos. São os alemães que conseguem viajar para mais lugares sem visto, como mostra o estudo  “Visa Restrictions Index 2016″, da Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA, em inglês) e da consultoria Henley & Parners. Segundo o levantamento, com um passaporte da Alemanha é possível entrar sem visto em 177 dos 218 países e territórios.

O Brasil está na 21.ª posição, ao lado da Bulgária e da Romênia. Com o documento de identificação dos três países, é possível visitar sem visto 153 países. Em segundo lugar no ranking, está a Suécia. Seus cidadãos podem visitar, livre de vistos, 176 destinos. Na sequência, aparecem Finlândia, França, Itália, Espanha e Reino Unido (175); Bélgica, Dinamarca, Holanda e Estados Unidos e Áustria (174); e Japão e Singapura (173).

O ranking também aponta os “piores passaportes“, aqueles que obrigam os cidadãos a pedirem mais vistos. Na lanterninha, está o Afeganistão (apenas 25 países não exigem o visto) e bem próximos aparecem Paquistão (29), Iraque (30), Somália (31), Síria (32) e Líbia (36).

Entre os 153 países e territórios que não exigem visto para brasileiros estão: África do Sul, Alemanha, Andorra, Antilhas Francesas, Argentina, Áustria, Bahamas, Barbados, Bélgica, Bolívia, Bósnia, Guiana, Bulgária, Chile, Colômbia, Coréia do Sul, Costa Rica, Croácia, Dinamarca, Equador, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Filipinas, Finlândia, França, Geórgia, Grécia, Guatemala, Honduras, Holanda, Hong Kong, Hungria, Irlanda, Islândia, Israel, Itália, Liechtenstein, Luxemburgo, Malásia, Marrocos, México, Mônaco, Namíbia, Noruega, Nova Zelândia, Panamá, Paraguai, Peru, Polônia, Portugal, Reino Unido, República Tcheca, Romênia, Rússia, San Marino, Sérvia, Suécia, Suíça, Suriname, Tailândia, Trinidad e Tobago, Tunísia, Turquia, Ucrânia, Uruguai, Vaticano e Venezuela.

Países que exigem visto dos brasileiros:

Argélia

Armênia

Angola

Austrália

Bangladesh

Benin

Burkina Faso

Cabo Verde

Camarões

Camboja

Canadá

Catar

China

Congo

Cuba

Egito

El Salvador

Emirados Árabes Unidos

Estados Unidos

Etiópia

Gabão

Gana

Índia

Irã

Iraque

Indonésia

Japão

Jordânia

Líbano

Laos

Mali

Moçambique

Nepal

Nigéria

Quênia

República da Guiné

São Tomé e Príncipe

Vietña

Tanzânia

Share Button

Falcon Heavy: o foguete mais potente do mundo

O mais poderoso foguete do mundo acaba de ser lançado ao espaço e pode dar início a um novo capítulo da empreitada rumo à primeira missão tripulada a Marte.

O Falcon Heavy foi fabricado pela empresa Space X, do bilionário americano Elon Musk, para ter duas vezes mais capacidade de propulsão do que qualquer outro foguete. Mas, diante da alta taxa histórica de falhas em voos inaugurais, o teste não foi tripulado: ele leva apenas um carga experimental – um automóvel da Tesla, outra empresa de Musk, com um manequim vestido com um traje especial.

A previsão era de que o clássico Space Oddity, de David Bowie, ficasse tocando continuamente conforme o veículo espacial fosse colocado em uma órbita elíptica ao redor do Sol até chegar à órbita de Marte. “Ele chegará a 400 milhões de km da Terra, viajando a 11km/s”, disse Musk em uma coletiva na última segunda-feira.

“Estimamos que ele fique em órbita por centenas de milhões de anos, talvez até mesmo bilhões de anos.” Três câmeras presas ao carro registrarão “paisagens épicas”, acrescentou o empresário.

Milhares de espectadores acompanharam ao vivo no Centro Espacial John F. Kennedy, da Nasa, em Cabo Canaveral, na Flórida, onde foram vendidos ingressos por US$ 195 (R$ 634).

O Falcon Heavy é composto basicamente por três foguetes Falcon 9. Mas reuni-los em um único conjunto exigiu uma série de alterações, como reforçar seu núcleo central.

Os 27 motores Merlin em sua base devem ser capazes de gerar um impulso de 23 mil kilonewtons, pouco mais do que o dobro do que o foguete mais potente existente hoje, o Delta IV Heavy, que é operado pela empresa americana United Launch Alliance, uma das principais concorrentes da Space X.

Com 70 metros de altura, o Falcon Heavy foi criado para colocar no máximo 64 toneladas em órbita baixa, o equivalente a quatro ônibus. Na verdade, raramente será exigido que ele carregue tanto peso, porque a Space X espera que ele seja capaz de pousar de volta na Terra após o lançamento, e o combustível necessário para isso limita sua capacidade neste aspecto.

Mas a enorme propulsão do foguete cria algumas possibilidades, como transportar satélites bem mais pesados para uso pelas forças militares e de inteligência americanas (o tamanho dos satélites hoje é limitado pela performance dos foguetes atuais), lançar mais satélites ao mesmo tempo e robôs maiores para explorar a superfície de Marte ou de outros planetas como Júpiter e Saturno e suas luas ou colocar em órbita telescópios de grande porte.

Por enquanto, o Falcon Heavy tem apenas algumas reservas previstas para suas missões, duas delas para o envio de grandes satélites de telecomunicação que precisam ser colocados em órbita geoestacionária a 36 mil km acima da Terra.

 

Fonte: BBC.

Share Button
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...