Arquivos da categoria: Esporte

Guarda-chuva apenas para Putin durante premiação da Copa

Putin é o primeiro a receber guarda-chuva durante premiação da Copa 

Durante a cerimônia de premiação da Copa do Mundo da Rússia, seguranças precisaram entrar em cena com guarda-chuvas para proteger as autoridades que estavam no local, entre elas, Vladimir Putin, Emmanuel Macron e Kolinda Grabar-Kitarovic.

Porém, a cena acabou revoltando os torcedores que acompanham a partida, já que o presidente da Rússia, Vladimir Putin,  foi o primeiro a ser protegido pelo guarda-chuva e, por alguns minutos, o único. Em seguida, apenas Kolinda Grabar-Kitarovic ficou debaixo d’água. “Falha tremenda da Fifa. E porque não machista. Putin com guarda-chuva de imediato; depois de muito tempo o Macron da França. A Presidente da Croácia só viu o guarda-chuva depois de encharcada e depois dos homens”, comentou um dos internautas no Twitter.

A Rússia poderia ter investido em algum tipo de tenda móvel para a premiação, o que seria fácil, barato e de acordo com as expectativas climáticas para a data. Faltou planejamento.

Em campo, a vitória da França sobre a Croácia por 4 a 2, na final da Copa do Mundo da Rússia, neste domingo, colocou os franceses em um novo patamar no futebol mundial. O time entra agora em clube seleto e qualificado dos bicampeões mundiais, ao lado de Argentina e Uruguai.

 

Share Button

Final da Copa: França x Croácia


França e Croácia se enfrentam neste domingo, às 12 horas (de Brasília), no Estádio Luzhnikí, em Moscou, na Rússia, na grande decisão da Copa do Mundo. Os franceses eliminaram a Bélgica nas semifinais, ganhando por 1 a 0. Já os croatas, de virada, fizeram 2 a 1 na Inglaterra, precisando de mais uma prorrogação, a terceira do time no torneio. Por conta dos tempos extras, a Croácia vai ter jogado praticamente oito partidas nesta edição.

Trata-se de um reencontro vinte anos depois. Ambos duelaram nas semifinais da Copa do Mundo de 1998 e os franceses ganharam por 2 a 1, arrancando para um título inédito, que ainda falta para os croatas.

Didier Deschamps, treinador da França, tem a chance de repetir o feito de Zagallo e do alemão Franz Beckenbauer, sendo campeão mundial como jogador e treinador. Ele integrou o time de 1998.
O desgaste físico realmente é a maior preocupação do técnico Zlatko Dalic. Mas até diante deste cenário ele procura buscar motivação. Nas oitavas os croatas eliminaram a Dinamarca nos pênaltis, enredo que se repetiu nas quartas contra a anfitriã Rússia. Nas semifinais, as penalidades não foram necessárias, porém, a vaga diante dos ingleses veio mesmo na prorrogação.

As duas equipes não confirmaram as escalações, mas como superação é a palavra de ordem, a base das semifinais deverá ser mantida. Na França a aposta está no equilíbrio de Paul Pogba no meio e na força ofensiva do trio: Kylian Mbappé, Antoine Griezmann e Olivier Giroud.

Pelo lado croata a estrela da companhia é o maestro Luka Modric, candidato a craque da Copa. Mas não se pode desprezar o oportunismo do perigoso artilheiro Mario Mandzukic, autor do segundo gol contra a Inglaterra.

Caso a decisão deste domingo termine empatada no tempo regulamentar, acontecerá uma prorrogação de trinta minutos. Persistindo a igualdade, o campeão será conhecido nas cobranças de pênaltis. Isso aconteceu apenas duas vezes na história da Copa do Mundo. Em 1994 a Seleção Brasileira derrotou a Itália nos pênaltis, após 0 a 0. Já em 2006 os franceses, que ficaram no 1 a 1 com a Itália, perderam o caneco nos pênaltis.

FICHA TÉCNICA

FRANÇA X CROÁCIA

Local: Estádio Luzhnikí, em Moscou (Rússia)

Data: 15 de julho de 2018 (Domingo)

Horário: 12h(de Brasília)

Árbitro: Nestor Pitana (Argentina)

Share Button

Paulinho e Thiago Silva marcam pela seleção brasileira, que enfrenta o México na próxima fase

Brasil vence Servia classificado oitavas Copa

O Brasil venceu a Sérvia por 2 a 0 nesta quarta-feira, no estádio Spartak de Moscou, pela última rodada do grupo E, e se classificou para as oitavas de final da Copa do Mundo Rússia. Como primeiro da chave, a seleção enfrentará o México, que avançou em segundo lugar no grupo F depois de desbancar a atual campeã, Alemanha.

Com a vitória, o Brasil chegou aos sete pontos e terminou na liderança do grupo E.

Share Button

Brasil joga contra a Sérvia e corre risco

O  Brasil joga hoje ás 15:00 e uma derrota diante da respeitável equipe sérvia, 34ª colocada no ranking da Fifa, poderia representar a eliminação na primeira fase, algo que não ocorre com a equipe pentacampeã desde 1966. A Sérvia acredita na façanha e aposta em atletas experientes – e muito altos.

Como país independente, a Sérvia  jamais conseguiu repetir os feitos da antiga Iugoslávia (que compreendia os atuais territórios de Sérvia, Montenegro, Croácia, Macedônia, Bósnia e Eslovênia e chegou às semifinais em 1930 e 1962). Caiu na primeira fase em 2010 e sequer esteve no Brasil em 2014. Em 2006, participou como Sérvia e Montenegro e também deu vexame na fase de classificação. Neste ano, porém, o time chegou à Rússia com uma equipe mais sólida e pretensiosa.

A empolgação após a vitória por 1 a 0 sobre a Costa Rica, com belo gol de falta de Kolarov , experiente lateral da Roma, diminuiu depois da frustrante derrota por 2 a 1 para a Suíça, em jogo marcado por gestos e conflitos políticos. No entanto, uma vitória simples ou até um empate (caso a Suíça perca para a Costa Rica) classificariam a equipe balcânica.

O jogador da Sérvia, Nemanja Matic, durante partida contra a Geórgia, válida pelas eliminatórias para a Copa do Mundo da Rússia - 09/10/2017

Alem da boa qualidade técnica, uma herança do futebol iugoslavo, o time se distingue pela alta estatura. A equipe titular tem média superior a 1,85 metros, cerca de dez centímetros a mais que o time do Brasil. Fagner, o jogador mais baixo do jogo (1,68 metros), falou com bom humor sobre o assunto no último fim de semana.

“Qualquer coisa eu subo nas costas de alguém para cabecear, faço alguma coisa. É Brincadeira, claro, mas temos de encontrar uma saída e criar uma situação para neutralizá-los. Acredito que o tamanho não interfira tanto, temos de usar a inteligência para buscar soluções no jogo”, disse o lateral, que virou titular após a lesão de Danilo.

Share Button

Brasileiros que fizeram vídeo machista são identificados

A atitude dos brasileiros que fizeram um vídeo machista com uma russa falando, em português, sobre a genitália dela sem que ela entendesse, causou reações para além do tribunal da internet. Em um vídeo, ao menos quatro brasileiros uniformizados cercam uma mulher, que seria jornalista,  e gritam repetidamente uma frase em alusão ao órgão sexual feminino. A mulher, que não entende português, apenas sorri um pouco constrangida e tenta repetir o que eles dizem (“boceta rosa”).

Reprodução do vídeo dos brasileiros fazendo a 'brincadeira'.
Reprodução do vídeo dos brasileiros fazendo a ‘brincadeira’ que com certeza eles não fariam com a mãe deles.

Rapidamente o vídeo viralizou. E não demorou para que parte de seus protagonistas fossem identificados. O primeiro foi Diego Valença Jatobá, advogado e ex-secretário de Turismo, Esporte e Cultura de Ipojuca, cidade pernambucana, a 50 quilômetros da capital, onde fica a praia de Porto de Galinhas, uma das mais famosas do Estado. Hoje, trabalha com a organização de eventos e shows no Recife e região. O segundo, é o tenente Eduardo Nunes, da Polícia Militar de Santa Catarina. O engenheiro civil Luciano Gil Mendes Coelho é o terceiro. De acordo com O Globo, Coelho foi preso em 2015 em uma operação da Polícia Federal que investigava o desvio de dinheiro público na Prefeitura de Araripina (PE), onde ele trabalhou na gestão de Alexandre Arraes (PSB).

Após o reconhecimento de parte dos envolvidos, a Polícia Militar de Santa Catarina confirmou que Nunes serve à corporação, afirmou que a atitude é “incompatível com a profissão”, e disse que abriria um processo administrativo disciplinar sobre o militar. Já em Pernambuco a Assembleia Legislativa do Estado fez um ato de repúdio ao vídeo na segunda-feira. A OAB em Pernambuco, por sua vez, entrou com um pedido de análise de conduta no tribunal de ética e disciplina da Ordem contra Jatobá e afirmou estar tentando apurar a identidade dos demais.

A exposição desses brasileiros nas redes levou a uma investigação por parte da imprensa sobre a história deles. De acordo com o jornal O Globo, Jatobá foi condenado pelo Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE) por irregularidades na prestação de contas de 2012 do município, quando ele atuava na gestão do então prefeito Pedro Serafim (PDT). Ele também foi condenado por dever, segundo a Justiça, cerca de 37.500 reais de pensão alimentícia à ex-mulher, em um processo iniciado em 2014, segundo O Globo.Diego Jatobá, ostentando dólares em uma foto de 2013.Diego Jatobá, ostentando dólares em uma foto de 2013. REPRODUÇÃO

Como já era de se esperar além de machistas, também pecam em outras áreas da vida. Esperamos que sejam de fato punidos, porque estão no exterior esbanjando e envergonhando o Brasil, enquanto milhões de brasileiros honestos buscam trabalho.

Share Button

Jogadores brasileiros se unem em campanha contra o abuso sexual no futebol

Rodrigo Caio, zagueiro do São Paulo, integra campanha contra abuso sexual no futebol. DIVULGAÇÃO

Pela primeira vez no Brasil, jogadores se mobilizaram para falar publicamente sobre um tipo de violência comum, porém tratado como tabu no futebol. Em campanha do Sindicato de Atletas de São Paulo, 33 atletas e ex-profissionais, entre eles Edu Dracena e Moisés (Palmeiras), Rodrigo Caio e Diego Lugano (São Paulo), Felipe (Porto-POR),  Cicinho (Brasiliense) e Giovanni, ídolo do Santos na década de noventa, fazem um alerta sobre assédio sexual e abuso sexual de ciranças e adolescentes em categorias de base. Um vídeo com depoimentos dos jogadores e a hashtag#chegadeabuso é o primeiro passo da campanha, que deve se desdobrar em ações preventivas nos clubes ao longo do ano.

Idealizador da campanha, o ex-goleiro Alê Montrimas já revelou ter sido assediado por técnicos, preparadores e dirigentes durante sua carreira. No ano passado, ele ministrou 40 palestras em equipes infantis e escolinhas, alertando garotos sobre as armadilhas que podem encontrar no caminho até se tornarem estrelas da bola. Entende ser importante, nesse momento em que estrelas do cinema e da televisão se expõem ao denunciar abusadores, mostrar que o aliciamento para fins sexuais também é uma rotina na formação de atletas do esporte mais popular do país. “O mundo inteiro está falando sobre assédio e abuso sexual”, afirma Montrimas. “O objetivo da campanha é sensibilizar pessoas que não são do meio. Até porque, quem conhece minimamente o futebol, sabe que a violência sexual contra jovens jogadores é uma realidade.”

Não há dados oficiais sobre casos de abuso sexual no futebol brasileiro. Um levantamento do EL PAÍS com base em processos na Justiça (veja o mapa abaixo) registra pelo menos 111 ocorrências desde 2011. Especialistas em direitos infantojuvenis avaliam que o número seja bem maior, já que no Brasil apenas 7% dos episódios de violência sexual contra crianças e adolescentes são denunciados. Em 2014, às vésperas da Copa do Mundo, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) firmou um pacto com a CPI da Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, em que se comprometia a adotar 10 medidas para evitar abusos sexuais e o tráfico de jovens jogadores em categorias de base e escolinhas. No entanto, quase quatro anos depois da assinatura do acordo pelo então presidente da entidade, José Maria Marin, a Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados concluiu que a CBF efetivou parcialmente apenas duas medidas sugeridas pela CPI.

Fonte: El Pais.

Share Button

Idi de Paula é o novo preparador do Bandeirante

Idi de Paulo (dir.) com o presidente do BEC, Celso Luiz Aguiar, que promete 'profissionais de excelência' neste ano

Idi de Paulo (dir.) com o presidente do BEC, Celso Luiz Aguiar, que promete ‘profissionais de excelência’ neste ano

O Bandeirante anunciou nesta quinta-feira (14) a contratação de Idi de Paulo como preparador físico do time que vai disputar o Campeonato Paulista da Segunda Divisão neste ano. De acordo com a assessoria do Leão, o profissional tem 61 anos e é morador de Birigui. Ele iniciou a carreira esportiva em 1975, quando passou a representar a cidade no atletismo: competia nas provas de lançamento de disco e arremesso de peso. Deixou a modalidade em 2002.

Idi, então, passou a trabalhar como técnico de atletismo e foi coordenador da unidade do Sesi local por 35 anos. O preparador é graduado em educação física e pós-graduado em NBA (gestão e negócio) e em marketing e propaganda, além de estudar atualmente em um curso de pedagogia do esporte. Será a sua segunda passagem pelo Bandeirante, já que foi preparador físico do BEC em 2016.

Para Idi, trabalhar no Tricolor será iniciar uma nova etapa de desafios. “Esperamos fazer um bom trabalho para que o time possa subir para a Série A-3”, disse. “Para mim, particularmente, será mais uma nova experiência”. O presidente do Bandeirante, Celso Luiz Aguiar, garante que a comissão técnica bandeirantina contará, em 2018, com profissionais de excelência.

Além do Bandeirante, a região será representada na Segundona deste ano apenas pelo Andradina, que volta ao futebol profissional depois de 20 anos e jogará a competição com o CNPJ do Atlético Araçatuba. O presidente do Tigrão, Nei Giron, alegou que a migração foi inevitável porque não recebeu apoio da Prefeitura. A AEA, mais uma vez, também ficou de fora do campeonato.

A edição deste ano da Segundona reunirá 40 equipes, 11 a mais do que no ano anterior. O Foguete Noroestino está no grupo 1, juntamente com Santacruzense, Assisense, Grêmio Prudente, Osvaldo Cruz, Talentos 10, Tupã e Vocem de Assis.

O Bandeirante integra o grupo 2, que tem ainda América de Rio Preto, Inter de Bebedouro, Catanduva, Taquaritinga, Fernandópolis, Catanduvense e José Bonifácio. O Andradina estreia em 8 de abril, em casa, contra o Osvaldo Cruz. O BEC, na mesma data, vai a Taquaritinga.

Fone: Folha da Região.

Share Button

Falta banheiro público em Birigui

No Parque do Povo em Birigui, local de caminhada da população local, pessoas sentem falta de ter um banheiro próximo.
Lá não é o único local da cidade onde falta banheiro, muitas praças da cidade não tem banheiro perto, o que dificulta a vida de muita gente, principalmente famílias com crianças pequenas, que acabam por não desfrtuar plenamente das poucas areas de lazer da cidade.

Share Button

Equipe de Birigui foi campeã em torneio

Festa dos jogadores do XV de Novembro, que levou para Birigui o título do torneio; Araçatuba foi representada pelo Paraíba

Festa dos jogadores do XV de Novembro, que levou para Birigui o título do torneio; Araçatuba foi representada pelo Paraíba

O XV de Novembro da Vila Xavier, de Birigui, é o campeão da Copa Regional de Minicampo Carlito Peters. Na manhã de domingo (30), no campo do Centro Esportivo Velmiro dos Santos, em Penápolis (antiga Campezina), o time biriguiense venceu o Juventude-Casa das Ferragens-Cervejaria Gaspar-MI Doces na cobrança dos pênaltis, por 3 a 2, após empates no tempo normal (0 a 0) e na prorrogação (1 a 1).

o período suplementar, Kleito marcou para o Juventude e Eliel foi o autor do gol quinzista. Nas cobranças das penalidades, o goleiro Delei Marinho, do Juventude, desperdiçou a terceira cobrança da equipe. Marquinhos, do XV, foi o goleiro menos vazado. Boy, da Retesp, foi o artilheiro, com nove gols.
A arrecadação da final (foram cobrados R$ 5 pelo ingresso, mais um quilo de alimento não perecível) será revertida para a Adefipe (Associação dos Deficientes Físicos de Penápolis). Na semifinal, o XV eliminou o Paraíba-Farmácia Princesa-Escritório Sul-América-Água Ok-Gláuber Bebidas, de Araçatuba (2 a 0), enquanto o Juventude despachou a Retesp (2 a 1).
A Copa Badito de Minicampo de Veteranos, disputada na Chácara do Badito, no Jardim Morada dos Nobres, teve a sexta rodada no fim de semana. Os resultados foram AABB-Styllo Veículos 4 a 1 Brahmeiros-Veteranos da Bola (sábado) e Butecão do Portuga 0 a 1 Amigos do Rondinelli (WO). Por não ter comparecido com número suficiente de atletas para disputar o jogo, o Portuga foi eliminado do torneio pela comissão organizadora.

Marcelinho, da Ponte Preta-WA Construtora, é o artilheiro, com nove gols, à frente de Beicinho, do Icaraí (5). A sétima rodada terá dois jogos no próximo sábado: Icaraí-Pizzaria Forno de Ouro x Barça e Amigos do Rondinelli x AABB-Styllo Veículos (16h30). Domingo não haverá rodada porque o Brahmeiros-Veterano da Bola enfrentaria o Santa Cruz e o Inter de Birigui pegaria o Portuga.

Fonte: Folha da Região

Share Button

Avião do Chapecoense cai na Colômbia

O avião que transportava a delegação da Chapecoense para Medellín, na Colômbia, sofreu um acidente na madrugada desta terça-feira (29), informam autoridades colombianas. Segundo autoridades colombianas, há 76 mortos e cinco sobreviventes. O avião da LaMia, matrícula CP2933, decolou de Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia, com 81 pessoas a bordo: 72 passageiros e 9 tripulantes.

Segundo o Aeroporto Internacional José Maria Cordova, de Medellín, os cinco sobreviventes são os jogadores Alan Ruschel, Danilo e Follmann, o jornalista Rafael Henzel e a comissária Ximena Suarez. O Bom Dia Brasil informou que o zagueiro Neto também pode ter sido encontrado com vida.

O ex-jogador Mario Sergio, comentarista do canal FoxSports, está entre as vítimas, segundo o Bom Dia Brasil.

Os jogadores da equipe de Santa Catarina são os goleiros Danilo e Follmann; os laterais Gimenez, Dener, Alan Ruschel e Caramelo; os zagueiros: Marcelo, Filipe Machado, Thiego, e Neto; os volantes: Josimar, Gil, Sérgio Manoel e Matheus Biteco; os meias Cleber Santana e Arthur Maia; e os atacantes: Kempes, Ananias, Lucas Gomes, Tiaguinho, Bruno Rangel e Canela.

Ferido em queda de avião da Chapecoense é atendido em hospital na Colômbia (Foto: Reprodução/TV Globo)Ferido em queda de avião da Chapecoense é atendido em hospital na Colômbia (Foto: Reprodução/TV Globo)

O voo que tranportava a equipe da Chapecoense partiu na noite de segunda-feira de Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia, em direção a Medellín. Segundo a imprensa local, a aeronave  perdeu contato com a torre de controle às 22h15 (local, 1h15 de Brasília), entre as cidades de La Ceja e Abejorral, e caiu ao se aproximar do Aeroporto José Maria Córdova, em Rionegro, perto de Medellín.

O Comitê de Operação de Emergência (COE) e a gerência do aeroporto informaram que a aeronave se declarou em emergência por falha técnica às 22h (local) entre as cidades de Ceja e La Unión.

Os motivos do acidente ainda são desconhecidos. A imprensa colombiana chegou a cogitar possível falta de combustível como causa do acidente, mas também informou que o piloto despejou combustível após perceber que o avião iria cair.

Local do acidente com a eronave da Chapecoense (Foto: Editoria de Arte/G1)

Uma operação de emergência foi ativada para atender ao acidente. A Força Aérea Colombiana dispôs helicópteros para ajudar em trabalhos de resgate, mas missões de voos foram abortadas nesta madrugada por causa das condições climáticas. Choveu muito na região na noite de segunda, o que reduziu muito a visibilidade.

Equipes chegaram ao local do acidente por terra, mas o acesso à região montanhosa é difícil e a remoção é lenta.

 

 Ambulância chega a hospital na Colômbia  (Foto: Reprodução/TV Globo)Ambulância chega a hospital na Colômbia (Foto: Reprodução/TV Globo)

Final de campeonato
O time da Chapecoense embarcou para a Colômbia na noite de segunda (28), para disputar a primeira partida da final da Copa Sul-Americana, contra o Atlético Nacional, na quarta (30). Inicialmente, o voo iria diretamente de Guarulhos (SP) para Medellín, mas o voo foi vetado pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

Em razão do veto, a equipe tomou um voo comercial até a Bolívia e, de lá, o grupo pegou o voo da LaMia.

Em comunicado, o clube de Santa Catarina informou que espera pronunciamento oficial da autoridade aérea colombiana sobre o acidente.

Em seu perfil no Twitter, o Atlético Nacional lamentou o acidente e prestou solidariedade à Chapecoense: “Nacional lamenta profundamente e se solidariza com @chapecoensereal pelo acidente ocorrido e espera informação das autoridades”.

O primeiro jogo da decisão, marcado para esta quarta-feira (30), foi cancelado, segundo a  Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol). A CBF adiou a final da Copa do Brasil, entre Grêmio e Atlético Mineiro, que também estava prevista para quarta-feira.

O Itamaraty, pelo telefone, informou que a embaixada do Brasil em Bogotá está em contato com as autoridades colombianas para obter informações sobre o acidente. A assessoria informou que as notícias ainda chegam desencontradas.

O Ministério das Relações Exteriores vai esperar um posicionamento oficial sobre vítimas e circunstâncias do acidente para se pronunciar. Está previsto que divulguem uma nota oficial ainda agora de manhã. O embaixador em Bogotá se chama Julio Bitelli.

A companhia
A LaMia (Línea Aérea Mérida Internacional de Aviación) é uma companhia de aviação que foi inicialmente constituída na Venezuela no ano de 2009 e depois mudou sua sede para a Bolívia (Santa Cruz de la Sierra). A empresa vem sendo desenvolvida para voos não regulares (charter), com o objetivo de permitir o desenvolvimento de atividades no país e no exterior, com aeronaves de grande porte – de passageiros e de carga.

Fonte: G1.

Share Button
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...